É com muita satisfação que as singelas palavras que hoje deixo aqui são escritas enquanto me delicio com o conforto da poltrona da minha fria sala do meu apartamento no Pinhão.

Volto após algumas semanas de ausência num comboio muito vazio que imprime na minha memória aquele tão característico som da luta dos rodados da carruagem contra os carris já cheios de geada. Uma geada cortante, fria, como já não via há muitas semanas e da qual já tinha saudade. Natal sem o frio do Pinhão que ao mesmo tempo se transforma no calor da terra natal é outra coisa. E eu que o diga porque já tive essa desinteressante experiência.

Cerca das 17h30 os poucos passageiros ocupavam em Campanhã os muitos lugares que as cinco carruagens do inter-regional das 17h26 traziam. Não tardou muito que pelas janelas apenas passasse o escuro da fria tarde. Um escuro ainda mais escuro quando o vale do Sousa dá lugar ao vale do Douro e se entra nesse fantástico mundo que e o Douro.

Mesmo na escuridão ao olhar pela janela se encontram as silhuetas desses montes, o contorno desse rio que a imaginação abrilhanta com as cores que durante o dia se gravam automaticamente na nossa memória. Estava escuro como o breu mas parecia-me claramente visível o desfilar de curvas e contracurvas nesse serpenteado que o trilho dos carris faz pelo Douro acima tão insaciável era o desejo e a necessidade de reencontro com essa paisagem.

Uma vez chegado ao Pinhão foi como que se renascesse novamente dessas cinzas em que um ser se transforma no rebuliço diário da grande cidade, qual fénix. Reconfortante foi encontrar as caras que já se desvaneciam na saudade e sentir-me em casa ao percorrer as ruas que ajudaram a crescer, sentir-me quente mesmo que o termómetro andasse abaixo de zero.

Sei que é tempo de balanço e perspectivas mas deixarei isso para o primeiro texto de 2007 que espero poder lançar no decorrer da primeira semana. Hoje apenas quis deixar uma mensagem algo pessoal também como pretexto para desejar votos de Festas Felizes a todos os amigos e colaboradores deste site bem como comentadores e leitores: um excelente Natal e um 2007 repleto de concretizações pessoas, algumas mudanças, saúde, paz, alegria e ainda mais comentários por aqui.

 

Luís Manuel Almeida

publicado por Luís Almeida às 19:35